Arquivos para posts com tag: 90s

Song: So Real
Artist: Jeff Buckley
Album: Grace (1994)
From: Anaheim, California, USA
About: Passou a adolescência a ouvir diversos tipos de música, blues, rock e jazz. Após terminar o colegial, decidiu que a música seria o caminho a seguir. Com medo de ser comparado com seu pai, Tim Buckley, em vez de cantar, Jeff decidiu inicialmente tocar guitarra. Diversas experiências vieram em seguida: Jeff trabalhou em estúdio, tocou em bandas de funk, jazz e punk.

Em 1991, ao ser convidado para participar num show tributo a seu pai, Jeff resolveu cantar. A semelhança vocal com o pai (Tim Buckley) veio à tona nesse momento. Foi nesse tributo, também, que conheceu o ex-guitarrista da banda Captain Beefheart, Gary Lucas, que, impressionado com sua voz, decidiu convidá-lo para integrar a banda Gods and Monsters. Afiada tanto nas performances ao vivo como nas composições próprias, Gods and Monsters estava prestes a assinar com uma discográfica quando Buckley decidiu abandonar o projeto por achar que um contrato, naquele momento, restringiria as suas ambições musicais.

No ano seguinte começou a apresentar-se sozinho (voz e guitarra) num bar nova-iorquino chamado “Sin-é”. Foi no “Sin-é”, segundo o próprio Jeff, onde mais tocou e gostava de tocar. Um lugar pequeno, onde as pessoas iam para conversar e não para ouvir alguém cantar músicas desconhecidas. Mas foi pela diferença que Jeff Buckley conquistou as pessoas que frequentavam o lugar. Foi nesse pequeno bar, sem palco, que um dos empresários da Columbia o viu cantar e tocar. Em outubro de 92 assinou com a Columbia Records para a gravação do seu primeiro álbum solo. Antes do álbum, Jeff decidiu fazer uma tourné pela Europa, só depois gravaria o primeiro álbum em estúdio. Nesse período, acordou também, lançar um Ep com 5 músicas, gravadas no “Sin-é”.

“Grace” contém uma versão de “Halleluyah” de Leonard Cohen. Este álbum chegou às lojas em agosto de 1994 e foi imediatamente aclamado pela crítica e por artistas como Paul McCartney, Chris Cornell, Bono Vox (“Jeff Buckley é uma gota cristalina num oceano de ruídos”) e Jimmy Page (“Quando o Plant e eu vimos ele tocando na Austrália, ficamos assustados. Foi realmente tocante”). Apesar disso e de uma longa tourné de dois anos “Grace” vendeu muito menos do que o esperado. A música de Buckley era considerada leve demais para as rádios alternativas e pouco comercial para as rádios FM.

Em 1996, começou a trabalhar no seu segundo álbum e, contrariando a sua gravadora, que queria um disco mais comercial, chamou Tom Verlaine, do grupo Television, para a produção. Quando as gravações estavam prestes a encerrar, Jeff, insatisfeito com o resultado, decidiu que o material não deveria ser lançado e, assim, começou a compor novas canções. Foi o que fez até Maio de 97, quando finalmente chamou os colegas da sua banda para começar as gravações em Memphis, cidade onde morava na época.

No dia 29 de Maio de 1997, helicópteros sobrevoavam o Wolf River em busca duma pessoa que ali havia desaparecido. Segundo o relato do amigo Keith Foti, Jeff Buckley resolveu parar para nadar naquele rio antes de se encontrar com a sua banda. Depois de alguns minutos, Foti foi até ao carro para guardar alguns objectos, enquanto ouvia Jeff a nadar cantarolando “Whole lotta love”, do Led Zeppelin. Quando voltou, não viu mais nada. Gritou por “Jeff” por quase dez minutos e, não obtendo resposta, decidiu chamar a polícia. O corpo de Jeff Buckley foi encontrado apenas uma semana depois, dia 4 de Junho, perto da nascente do Mississippi, sem vida.

Apesar da morte trágica, Jeff Buckley tem vindo a conquistar novos fãs. Artistas como Radiohead, Coldplay e Muse não se cansam de mencionar Jeff como uma das suas principais influências. Além disso, “Grace” é constantemente citado como um dos melhores álbuns de todos os tempos.

Grace (1994)

Anúncios

Música: Paranoid Android
Artista: Radiohead
Álbum:  Ok Computer (1997)
Origem: Oxforfd, Inglaterra
Curiosidades: Radiohead é uma banda britânica de alternative rock que foi formada em 1988, mas somente em 1992 teve seu primeiro single lançado esse mesmo não faz sucesso as pessoas só começaram a saber quem era Radiohead depois de seu primeiro disco ‘Pablo Honey’, e tiveram reconhecimento internacional à partir de 1995 quando fizeram uma turnê mundial. Em 1997 lançaram ‘Ok Computer’ sua obra-prima.

[audio http://cfs.tistory.com/attach/6629/1213149059.mp3]

OK Computer é o terceiro álbum de estúdio da banda britânica Radiohead. Este álbum está no Rock and Roll: Hall of Fame na lista dos 200 melhores álbuns da história e em 2003 alcançou a posição de 162 na lista dos 500 melhores álbuns na história da música.

Ok Computer (1997)

Música: Do the Evolution
Artista: Pearl Jam
Álbum: Yield (1998)
Origem:  Seattle, Washington
Curiosidades: Pearl Jam é uma banda norte-americana de rock alternativo, formada no ano de1990 em Seattle, Washington. Desde sua origem, sua formação incluiu Eddie Vedder (vocais, guitarra rítmica), Jeff Ament (baixo), Stone Gossard (guitarra rítmica) e Mike McCready (guitarra solo), passando por mudanças na bateria, sendo Matt Cameron, que também compõe o Soundgarden, o atual baterista da banda.



Yield é o quinto álbum dos Pearl Jam, lançado em 3 de Fevereiro de 1998.
Yield (1998)

Song: Girls & Boys
Artist: Blur
Album: Parklife (1994)
From: Londres, England
About: Blur é uma banda inglesa de rock alternativo. Formada em 1989, em Londres, o grupo é formado pelo vocalista Damon Albarn, o guitarrista Graham Coxon, o baixista Alex James e o baterista Dave Rowntree. A banda iniciou com uma sonoridade não muito distante dos grupos que dominavam a cena britânica da época, misturando o rock psicódelico e dançante do Stone Roses e afins com as guitarras e a introspecção de bandas como o My Bloody Valentine, que fazia o estilo “shoegazer”; porém, com o andamento de sua carreira o Blur desenvolveu o seu próprio estilo, resgatando elementos da música britânica e liderou uma verdadeira renovação do rock no Reino Unido, o chamado britpop, se firmando como uma das mais importantes bandas da década que abriu caminho para o sucesso de muitas outras bandas como Elastica, Pulp, Supergrass e até Oasis que mais tarde se tornariam seus rivais.

Lançou vários grandes hits famosos ate hoje como “Song 2”, “Girls and Boys”, “Coffee and TV” e álbuns consagrados como Parklife (1994), The Great Escape (1995), Blur. Influenciados por The Kinks, separados por seis anos voltaram em 2009 tocando no maior festival ao ar livre do mundo o Festival de Glanstonbury.

Parklife (1994)

The Best Of (2000)

Song: Creep
Artist: Stone Temple Pilots
Album: Core (1992)
From: San Diego, CA, USA
About: Tudo começou com o vocalista Scott Weiland, que em 1991 tinha uma banda de rock chamada Mighty Joe Young. O fim desse grupo e a saída dos integrantes fizeram com que Scott montasse o Stone Temple Pilots, em 1992. O primeiro CD da banda, integrada por Scott Weiland (vocais), Robert DeLeo (baixo), Dean DeLeo (guitarra) e Eric Kretz (bateria) foi lançado no mesmo ano: Core, que vendeu mais de 7 milhões de cópias em todo mundo. Criticados no início da carreira por fazer um som que muitos consideravam uma mistura de Pearl Jam com Alice in Chains, o STP ganhou o prêmio da MTV de “Banda Revelação” pelo clipe da música “Plush” e alcançou o respeito no meio musical.

Em 1993, a banda gravou um acústico para a MTV e em 1994, lançou o segundo CD, Purple, que mais uma vez foi sucesso de vendas com mais de 5 milhões de cópias vendidas. Já consagrada como uma das principais bandas de hard rock, o terceiro trabalho do STP chegou em 1996 com o título Tiny Music… Songs from the Vatican Gift Shop. No meio da turnê, o vocalista Scott Weiland teve sérios problemas com drogas e a banda foi obrigada a cancelar várias apresentações. Rumores de que os outros integrantes teriam feito as músicas e creditado a autoria a Scott resultou na venda de 2 milhões de discos no mundo, um número bem inferior aos alcançados com os CDs anteriores.

As músicas desse CD mostravam claramente a situação vivida pelo grupo. Em “Tumble In the Rough”, um dos versos diz: “Eu estou procurando por uma nova meditação, ainda procurando uma nova maneira para voar, e não uma nova maneira de morrer”.
Depois desse trabalho, a banda gravou discos separadamente. Scott lançou 12 Bar Blues e os outros integrantes chamaram o ex-vocalista do Ten Inch Men, Dave Coutts, e montaram um novo grupo chamado Talk Show. Em 1999, a banda se reuniu novamente e lançou No. 4, mas logo após seu retorno Scott foi preso por porte de heroína e o STP teve que parar novamente.

Em 2001, com Scott livre, a banda lançou Shangri-la Dee Da. A coletânea Thank You foi lançada em 2003 com os principais hits dos discos anteriores, principalmente do CD Core, que conta com quatro faixas: “Wicked Garden”, “Creep”, “Plush” e “Sex Type Thing”.
Os intermináveis problemas do vocalista com o uso de drogas fizeram com que a banda terminasse. Após o término da banda Scott Weiland integrou o Velvet Revolver, junto aos antigos membros do Guns N’ Roses, Slash, Duff McKagan e Matt Sorum ainda com Dave Kushner, ex-Wasted Youth. Os irmãos Robert e Dean DeLeo viraram produtores musicais e o primeiro trabalho deles nesta área é o lançamento do grupo Libertines, depois de trabalharem com o ex-vocalista do Filter, Richard Patrick, formaram a banda Army of Anyone. O baterista Eric Kretz construiu um estúdio em sua casa.

Em 20 de janeiro de 2008 o Miami Herald relatou que Scott disse que o público “deve ser à procura de um reencontro do STP nos próximos meses”. No dia 29 de dezembro de 2007 Billy Morrison alegou no Camp Freddy Radio que têm espaços para shows. Existem rumores que a turnê de reencontro vai ocorrer em maio, no festival Rock on the Range. Tudo isto coincide com uma citação de Scott Weiland no verão passado, quando ele declarou: “A única coisa que lhe deixou inacabada é a conclusão da história. Eu sinto que poderia haver um melhor capítulo final.”

Em 25 de janeiro de 2008, Slash, guitarrista do Velvet Revolver, confirmou o reencontro do STP por dizer à Billboard que Scott estaria de volta a sua antiga banda. A MTV também relatou o caso no mesmo dia em que a indústria da música. Desde então banda já começou a gravar um novo material no estúdio de Eric Kretz, o Bomb Shelter, localizado em Los Angeles. A volta da banda, segundo o site Blabbermouth, aconteceu no festival Rock on the Range, nos Estados Unidos, onde o grupo começaria uma série de shows em Ohio, a partir do dia 17 de maio, pretendendo passar por outras 65 cidades.

Em maio de 2010 o Stone Temple Pilots lançou seu sexto álbum gravado em estúdio e está em turnê mundial, passando inclusive por países da América do Sul. No Brasil, a banda fez duas apresentações: em São Paulo (9 de dezembro de 2010) e no Rio de Janeiro (11 de dezembro de 2010).

Core (1992)

Musica: Everlong
Artista: Foo Fighters
Album: Greatest Hits
Origem:  Seattle, EUA
Curiosidades: Dave Grohl passou quatro anos como baterista da banda grunge Nirvana. Nesse período desenvolveu uma série de composições não divulgadas, uma forma de preservar a interação do grupo. Em contrapartida Dave gravou algumas demos em estúdio, sendo que algumas canções foram compiladas no álbum Pocketwatch, lançado com o pseudônimo “Late!”, em1992.

Após a morte de Kurt Cobain em 1994, Grohl entrou no Robert Lang’s Studio em Seattle com o amigo e produtor musical Barrett Jones. Com exceção da parte de guitarra de “X-Static” por Greg Dulli do grupo americano Afghan Whigs, Grohl tocou todos os instrumentos das faixas. Atrelado à gravadora Capitol Records pelo descobridor de talentos Gary Gersh (que havia trabalhado com o Nirvana), Grohl teve suas faixas mixadas, sendo que o resultado tornou-se posteriormente o primeiro álbum do Foo Fighters, também intitulado Foo Fighters.

Grohl não queria que a banda fosse um projeto de estúdio de somente um integrante, então trabalhou para formar uma banda de suporte ao álbum. Inicialmente o antigo colega Krist Novoselic era o principal candidato, mas ambos preocuparam-se que poderia-se estar formando somente uma reencarnação no Nirvana. Após tomar conhecimento sobre o fim da banda conterrânea de emocore Sunny Day Real Estate, Grohl convidou o baixista Nate Mendel e o baterista William Goldsmith. Pat Smear, que era um membro não oficial do Nirvana após o lançamento de In Utero, foi adicionado como segundo guitarrista, completando assim a banda. A banda realizou sua primeira turnê ainda em 1995 abrindo concertos para Mike Watt.

Seu primeiro single “This Is a Call” foi lançado em junho de 1995, e o álbum de estréia no mês seguinte. “I’ll Stick Around” e “Big Me” foram os singles lançados nos meses seguintes.

.

Greatest Hits - 2009

%d blogueiros gostam disto: