Música: Help!
Artista: The Beatles
Álbum: Help! (1965)
Origem:  Liverpool, Inglaterra
Curiosidades: The Beatles foi uma banda de rock britânica, formada em Liverpool em 1960 e o grupo musical mais comercialmente bem-sucedido e aclamado da história da música popular. A partir de 1962, o grupo era formado por John Lennon (guitarra rítmica e vocal), Paul McCartney(baixo e vocal), George Harrison (guitarra solo e vocal) e Ringo Starr (bateria e vocal). Enraizada do skiffle e do rock and roll da década de 1950, a banda veio mais tarde a assumir diversos gêneros que vão do folk rock ao rock psicodélico, muitas vezes incorporando elementos da música clássica e outros, em formas inovadoras e criativas. Sua crescente popularidade, que a imprensa britânica chamava de “Beatlemania”, fez com que eles crescessem em sofisticação. Os Beatles vieram a ser percebidos como a encarnação de ideais progressistas e sua influência se estendeu até as revoluções sociais e culturais da década de 1960.

Help! é o quinto álbum do grupo The Beatles, que teve também um lançamento simultâneo de um filme com mesmo nome.

Lançado em agosto de 1965, no auge da beatlemania e das turnês do grupo, o álbum reflete algumas mudanças na música dos fab-four. Temos Lennon compondo ao estilo de Bob Dylan em “You’ve Got To Hide Your Love Away”, a candidez de Harrison em “I Need You”. Além do sucesso de “Ticket To Ride” e da música “Help” o álbum ainda têm uma preciosidade: a música “Yesterday”, nada menos que a canção mais regravada na história da música.

Considera-se o hit She Loves You (1963), composto pela dupla Lennon/McCartney, a primeira grande revolução musical protagonizada pela banda. Se até então, o rock era composto basicamente por 3 acordes simples, batida forte, insistente e uma melodia de fácil memorização, nesta canção, são utilizados acordes dissonantes de sexta maior e sétima maior, até então, possíveis apenas no jazz: Mi menor → La Maior com 7º → Do Maior → Sol Maior (adicionando à 6º). A incorporação da dissonância ao rock foi o primeiro grande legado do grupo à música popular do século XX. A letra, embora romântica, foge da dicotomia “menino-menina”, para a incorporação de um terceiro elemento: O protagonista, um rapaz que avisa ao amigo que a namorada o ama, e que, “com um amor assim, deveria sentir-se feliz”. O uso da 3ª pessoa no discurso foi idéia de Paul. Embora simples “She Loves You” torna-se o embrião do espírito “paz e amor”, que viria a desenvolver-se na segunda metade dos anos 1960. Destaque também para o uso da expressão “Yeah”, idéia de John Lennon, expressão essa que viria a tornar-se marca registrada do Rock. A constante busca dos Beatles em criar novos sons a cada gravação, combinada com as habilidades presentes nos arranjos de George Martin e, particularmente, com os conhecimentos técnicos da equipe do estúdio da EMI – como os produtores Norman Smith, Ken Townsend e Geoff Emerick – fez com que a banda influenciasse a forma como a música passou a ser gravada em vários sentidos. No single “I Feel Fine”, John Lennon realizou pela primeira vez a utilização de um feedback, como efeito de gravação. Fato que abriria um enorme campo de pesquisas na utilização de efeitos especiais com guitarra, influenciando entre outros, Jimmy Hendrix.O conjunto dessas produções são apresentados em álbuns como Rubber Soul (1965), Revolver (1966) e Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band (1967).

Help! (1965)

Anúncios